NOVOS SAQUE FGTS 2023 – VEJA COMO SOLICITAR

Publicidade

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito do trabalhador brasileiro que tem como objetivo garantir uma reserva financeira para você.

O valor depositado nesse fundo é de responsabilidade do empregador, e o trabalhador pode acessar esses recursos em vários momentos  como para a compra da casa própria, por exemplo.

No entanto, para solicitar o saque FGTS, é necessário seguir alguns procedimentos específicos e estar atento às condições exigidas pelo programa.

Publicidade

Neste artigo, vamos falar sobre como solicitar o saque FGTS, as situações em que ele pode ser realizado e outras informações importantes sobre esse direito dos trabalhadores.

O que é FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, mais conhecido como FGTS, é um direito garantido aos trabalhadores brasileiros com carteira assinada.

Esse fundo foi feito com o objetivo de proteger o trabalhador em situações como demissão sem justa causa, doenças graves e aquisição da casa própria.

A empresa deposita mensalmente 8% do salário bruto do trabalhador em uma conta vinculada ao mesmo, formando o FGTS.

Esses depósitos são feitos em uma conta na Caixa Econômica Federal em nome do trabalhador, e o valor é corrigido monetariamente e acrescido de juros anualmente.

O trabalhador pode acessar os recursos do FGTS em situações específicas, como demissão sem justa causa, aposentadoria, compra da casa própria ou em caso de doenças graves.

O FGTS é um importante direito trabalhista que visa garantir segurança financeira ao trabalhador, além de ser uma fonte de recursos para financiar a casa própria ou para uso em situações de emergência.

Publicidade

Quem tem direito ao FGTS?

Como dito antes, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito assegurado a todos os trabalhadores brasileiros.

Todo trabalhador com carteira assinada tem direito ao FGTS, incluindo empregados domésticos, trabalhadores rurais, temporários e intermitentes. Trabalhadores avulsos, safreiros e atletas profissionais também tem direito ao benefício.

O benefício é obrigatório e garantido por lei, e as empresas são responsáveis por depositar, em uma conta vinculada, o valor correspondente a 8% do salário do trabalhador por cada mês trabalhado.

A partir desse depósito, o dinheiro é ajustado pela taxa referencial (TR) e você pode sacar em situações específicas, como demissão sem justa causa, aposentadoria, doenças graves, entre outras.

O FGTS é uma importante ferramenta de proteção social para os trabalhadores, garantindo-lhes um fundo de reserva para situações de emergência e imprevistos financeiros.

Com o FGTS, o trabalhador tem a segurança de que terá uma reserva financeira para lidar com momentos difíceis e garantir o sustento da sua família.

Como saber se tenho FGTS pra sacar?

Se você está se perguntando se tem FGTS para sacar, é importante saber que essa é uma dúvida muito comum entre os trabalhadores.

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é um direito dos trabalhadores com carteira assinada e é uma espécie de poupança feita pelo empregador em nome do empregado.

Para saber se você tem FGTS para sacar, é preciso verificar se há saldo disponível na sua conta vinculada do benefício.

Existem várias formas de consultar o saldo do FGTS, como através do aplicativo FGTS, site da Caixa Econômica Federal ou ainda comparecendo a uma agência bancária com o número do seu CPF e carteira de trabalho em mãos.

É importante lembrar que você pode sacar o saldo do benefício em diferentes situações, como demissão sem justa causa, aposentadoria, compra de imóvel e em casos de doenças graves, por exemplo.

Dito isso, você deve ter entendido que a consulta regular do saldo do FGTS é uma boa prática para manter-se informado sobre seus direitos e garantias trabalhistas.

Como adiantar o FGTS?

Antes de mais nada, antes de tomar essa decisão, é preciso conhecer as regras e os possíveis impactos dessa escolha. É importante lembrar que o adiantamento não é um empréstimo, mas sim um valor que o trabalhador já tem direito. Você pode retirar o valor antes do prazo regular também.

Para solicitar o adiantamento, é necessário atender a alguns requisitos. Por exemplo: Ter saldo disponível na conta do FGTS, estar trabalhando com carteira assinada há pelo menos um ano e etc….

Juntamente com isso, é preciso levar em conta que o adiantamento pode resultar em um valor menor disponível na conta do FGTS no futuro. Juntamente com isso, você estará sujeito a possíveis cobranças de taxas e juros em sua conta com o adiantamento do benefício.Dito isso, é fundamental avaliar as suas reais necessidades e condições antes de solicitar o adiantamento do benefício.

Como sacar o FGTS?

Existem diversas maneiras de realizar o saque do FGTS, cada uma com suas particularidades e requisitos específicos. A primeira delas é o saque imediato, que permite ao trabalhador sacar o valor de um salário mÍnimo de sua conta, independentemente do motivo. Para realizar o saque, é necessário estar com o CPF em dia e possuir uma conta ativa ou inativa no fundo.

Outra forma é o saque-aniversário, que permite ao trabalhador sacar uma parcela do seu benefício anualmente, no mês de seu aniversário. O valor a ser sacado varia de acordo com o saldo disponível na conta. Nesse caso, é importante que o trabalhador faça a adesão ao saque-aniversário no site da Caixa ou pelo aplicativo do FGTS.

Contudo, em casos específicos, como em situações de emergência ou para aquisição da casa própria, é possível realizar o saque por outros motivos. Nesses casos, assim é preciso apresentar documentos que comprovem a situação, como certidões, laudos e declarações.

Como sacar o FGTS no caixa eletrônico

Para sacar, basta se dirigir a um caixa eletrônico da Caixa e seguir as instruções na tela. É possível sacar o FGTS utilizando o cartão cidadão ou o cartão do próprio banco.

Se você optar por utilizar o Cartão Cidadão, será necessário ter a senha em mãos. Caso contrário, é possível gerar uma nova senha no próprio caixa eletrônico. Uma vez dentro do menu de saque, selecione a opção de saque do FGTS e siga as instruções para concluir a transação. Por fim, vale lembrar que o valor do saque pode variar dependendo da modalidade escolhida e da data de admissão do trabalhador

Publicidade

Luisa Sofia

Jornalista e Redatora Web

Leave a Reply